o que fazer em Roma

O que fazer em Roma? Saiba mais aqui!

Roma é um museu ao ar livre e não é um eufemismo! É difícil combinar uma cidade tão rica de pequenos e grandes tesouros descobertos em todos os bairros, becos e igrejas. Mas o que fazer em Roma?

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre o que fazer em Roma, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que fazer em Roma?

1. O Coliseu

Vamos começar com um dos monumentos mais bonitos e imponentes localizados no coração de Roma, o Coliseu. É um anfiteatro romano, é o maior já construído sob o Império Romano. 

O edifício está em ruínas, mas sua preservação nos permite sustentar nossa imaginação, mesmo que uma visita a todo o edifício não seja possível.

Vá antes das 9:30 da manhã para aproveitar o local sem muita gente. Se você quiser guias de última hora, você os encontrará na entrada do Coliseu. 

Ao passar por um guia, você evitará filas, mas pagará mais. Finalmente, verifique cuidadosamente os horários de fechamento, eles variam de acordo com a estação.

2. O Fórum Antigo e o Palatino

Em seguida, é hora de continuar a descobrir a Roma antiga (em frente à saída do Coliseu). É possível descobrir os restos do Fórum e do Palatino, que podem ser visitados pela mesma entrada. 

A visita está incluída na do Coliseu. Através desta visita, é possível imaginar a vida dos romanos nesta Roma antiga.

Em climas quentes, traga um chapéu e uma garrafa de água, o lugar é apenas muito pouco sombreado. 

A Basílica de São João de Latrão é uma das quatro principais basílicas de Roma. O interior da basílica é impressionante, especialmente a altura sob o teto. Do Coliseu, pegue a linha 3 do bonde até a estação Porta San Giovanni.

3. O Panteão e a Piazza Navona

Em seguida, vá até o Panteão, é realmente maravilhoso. Tem a maior cúpula de toda a antiguidade e continua sendo a maior do mundo feita de concreto não reforçado. 

Olhando para cima, você provavelmente vai se perguntar o que pode acontecer quando chover… Bem, o chão tem pequenas aberturas que permitem que a água escape.

4. A Fonte de Trevi

Todos os dias, 3.000 euros são coletados na fonte e doados à associação Caritas. A Fonte de Trevi também é antiga e foi concluída em 1762.

Vá lá muito cedo (antes das 9 da manhã) e volte à noite para vê-la iluminada. Não se esqueça de fazer seu desejo jogando um euro de costas na frente da fonte!

A igreja de Santo Inácio de Foyola, a poucas ruas do Panteão e da Fonte, a maior igreja jesuíta de Roma, também é imperdível.

5. O Vaticano e suas joias

Vaticano: o menor estado do mundo com mil e um tesouros papais, como a Basílica de São Pedro, Capela Sistina, Apartamentos Papais e Museus do Vaticano. 

Recomendação: compre o bilhete da fila que permite a entrada combinada no Museu do Vaticano e na Capela Sistina.

Vá cedo para a Capela Sistina para admirá-la primeiro. Depois das 10h, a multidão se aglomera nos corredores do museu e nos vários monumentos. Atenção, é proibido tirar fotos mesmo com o seu telefone. Em suma, seja paciente no Vaticano!

Gostou de saber mais sobre o que fazer em Roma? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.